Não sei o que fazer com a falta de você

so

Ontem tomei um café de Sumatra e me lembrei de você, menino, e de como você podia passar horas falando sobre os diferentes processos de moagem e não sei mais o quê para se fazer um bom café, enquanto eu só queria saber do líquido quente e forte o mais rápido possível em minha xícara. Mas com você não, tinha que ter a temperatura da água, a torrefação, a quantidade de pó, a velocidade para despejar a água sobre o pó, tudo dentro das condições ideais de pressão e temperatura… e acho que nunca te disse isso, mas você fica lindo falando e preparando seus cafés. E tenho que confessar que aprendi a apreciar melhor um bom café com você.

Aliás, aprendi muitas coisas com você. Talvez, a mais importante tenha sido que ter controle sobre as coisas é a maior balela que existe. Logo eu, a pessoa que mais precisava ter controle sobre tudo. A pessoa que sempre foi acusada de se entregar de menos, de se refrear para não perder o controle, que sempre partiu os corações antes de ter o seu próprio partido. Você com certeza foi advertido por alguém para tomar cuidado com o seu coração ao se aproximar de mim. “Ela não tem coração e faz questão de quebrar o de todos que se aproximam dela”. Como eu odiava isso, mas talvez tenha feito mesmo por onde ganhar a fama. Nem todas são justas, mas talvez eu tenha merecido isso. É que eu achava que era mais fácil, menino.

images

Mas então você chegou, arrombando a porta, trazendo atrás de si um vendaval, derrubando tudo o que estava pelo caminho. Já chegou não aceitando meus talvez como resposta e me puxando logo pelo salão em uma dança meio desengonçada, mas que nós dois dançávamos como se tivéssemos ensaiado nossa vida toda para aquele momento. E assim você foi fazendo, dia após dia. Me desarmando, me arrebatando, me conquistando. E ainda assim, sedenta pelo controle, eu jurava a mim mesma que estava tudo bem, afinal, tínhamos prazo de validade e tudo ficaria bem.

Mas  aí é que está! Não sei em que curva da estrada o trem descarrilou. Não sei onde foi que eu perdi o controle, só sei que nada nunca ficou bem. Se você quer saber, nada nunca mais foi o mesmo depois de você e eu não sei o que fazer com a falta do controle que eu sempre achei ter sobre a minha vida. Mas principalmente, não sei o que fazer com a falta de você.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Crônicas e Contos

Não existe distância capaz de me separar de você

site_relacionamentodistancia

Se você soubesse como me dói me fazer de forte e te ver partir chorando a cada despedida, menina. Eu daria tudo o que tenho para acabar com essa distância, mas não se preocupe com isso, eu estou sempre com você. Feche os olhos, você pode me sentir? Porque eu sinto você aqui comigo o tempo todo.

Você ouve as minhas palavras? Eu as sussurro através do vento todas as noites, contando as coisas novas que tenho visto por aqui. É tanta novidade menina e queria dividir cada uma delas com você. Sempre penso em como você reagiria a determinada paisagem ou às cores do pôr do sol, mas é por pouco tempo, menina. Essa distância não vai durar pra sempre, eu prometo. Logo vamos estar juntos novamente e nossos planos vão deixar de ser sonhos e começar a se tornar realidades. A nossa realidade. E nela não vai haver lugar para tristezas, menina. Toda essa tristeza não vai passar de uma lembrança longínqua. Eu prometo.

images

A espera vai valer a pena, menina. Eu ainda vou fazer você sorrir de novo e você ainda vai se orgulhar muito das minhas conquistas. Tudo isso é por você também. Eu sei que a distância parece muito grande, mas eu andaria até você se fosse preciso.

Seja forte, menina. Por mim e por você.

Por nós.

Deixe um comentário

Arquivado em Pensamentos sem nexo

Voe

9221-voar

Lembro de quando você e eu éramos uma só. Era tão mais fácil. Não que a sua vida tenha sido fácil. Nunca foi. Você passou por muita coisa, menina. Coisas que parecem tão injustas para alguém da sua idade. Coisas que a sua cabecinha infantil não é capaz de mensurar a gravidade. E talvez seja melhor assim. Mas não se permita fazer dessa história seu refúgio para tudo. Vai passar e você vai ter uma vida inteira pela frente. Uma vida que merece ser vivida. Não é porque doeu uma vez que vai doer de novo. Não é porque o remédio foi amargo uma vez que ele vai ser sempre. Da próxima vez ele pode ter sabor abacaxi. Lembra como você gosta de abacaxi?

Pare de achar que porque você perdeu uma vez que você vai perder sempre ou que algo que foi te dito como uma possibilidade aos 10 anos de idade se tornou uma lei universal. Você não tem como saber. Ou melhor, até tem, mas você precisa se permitir tentar para saber. Vai doer? Pode ser que sim, mas não tentar dói muito também. E ter medo de perder dói tanto ou mais do que perder em si, menina. Aliás, o medo de perder vai te fazer perder tantas oportunidades, tantas experiências. Não faça isso com você. Não se sabote. Não tenha pena de você ou da sua história. A sua história aconteceu, mas o que você faz dela só depende inteiramente de você. Como você a encara só depende de você. Não torne a sua vida mais difícil do que ela precisa ser, menina. Pare de carregar o mundo nos ombros, permita-se ser leve, ver a vida com leveza, sorrir ao invés de chorar, ver as pequenas alegrias que existem ao seu redor. Pare de dar conselhos para os outros e passe a se ouvir mais.

penelope-amarela

Você não está sozinha, menina e nunca vai estar. Você até tenta afastar as pessoas, colocar uma máscara de que não precisa de ninguém, mas ninguém cai nessa sua mentira. Você é extremamente amada pela sua família, pelos seus amigos e por mim. Apesar de eu querer te sacudir de vez em quando e querer te dar um empurrões para a frente eu sei o quanto você tenta, o quanto você luta com as armas que tem. É isso aí, menina, você é uma lutadora. Desde o início. Não pare de lutar pela sua vida. Aceite ajuda. Isso não te faz fraca. Pelo contrário, é preciso ser muito forte para enxergar a hora de pedir ajuda. Grite, chore, bata o pé, mas siga em frente. Parar por medo não vai te servir pra nada. Parar por medo só vai fazer com que você continue exatamente no mesmo lugar. E você sabe o quanto esse lugar não é bom. Você ainda pode ver tanto, sonhar tanto, crescer tanto. Se permita menina. Não deixe que o medo de cair roube suas asas.

Deixe um comentário

Arquivado em Pensamentos sem nexo

Eu só queria te pedir pra ir comigo

16394559

Você dorme e eu te encaro. A mão alisando suavemente a mecha de cabelo que insiste em cair na sua testa. Você sorri em meio ao sono e eu sorrio junto. Tão sereno. Tão diferente de mim. Nem sinal de compartilhar o turbilhão de sentimentos que me impede de dormir.

Há dias a pergunta está na ponta da língua. Sinto ela ameaçar escapar durante nossos cafés, durante a comédia romântica da terça, o sexo da quinta de manhã antes daquela reunião de negócios. Mas na última hora, sempre acabo engolindo ela de volta.

Penso em te acordar e acabar logo com isso.

Vamo comigo?

Não é tão difícil. São só duas palavras. Deveria ser fácil…

Insegurança

O que você faria se eu pedisse? Largaria tudo sem pensar duas vezes? Soltaria um suspiro de alívio, me agradecendo por finalmente ter pedido? Me daria alguma desculpa, diria que não e não conseguiríamos mais ser os mesmos nos meses que faltam? Afastaria seu olhar do meu e deixaria o silêncio ser um som ensurdecedor dentro do quarto?

— Ei, que foi? Tá acordada me olhando com essa carinha por quê?

É agora. Só duas palavrinhas.

Foco meu olhar de volta em você. Abro meu melhor sorriso e antes de me aconchegar em seus braços respondo:

— Nada não!

Deixe um comentário

Arquivado em Crônicas e Contos

Será que você sentiria?

carro-

Eu não esperava voltar a te ver um dia e, ainda assim, ali estava você, parado no sinal, no carro ao lado do meu. E ali estava meu coração falhando uma batida tantos anos depois. Tenho que confessar, por mais clichê que seja, que minhas lembranças não faziam jus à sua beleza.

Pensei em buzinar, em fechar seu carro, a rua inteira, fazer um espetáculo em plena avenida. Mas vamos ser sinceros? Ia dizer o quê? Por isso fiquei ali, apenas olhando. E no fundo, com medo, mas torcendo para que você sentisse a minha presença como costumava sentir, e me olhasse de volta. Mas você apenas arrancou e, logo depois, o carro de trás buzinou, me tirando do meu transe.

fim-de-relacionamento-e1463672172748

Mais uma vez você foi embora, sem um único arranhão, enquanto eu fico aqui, com as lembranças, as dores, os pedaços a serem colados novamente. Volto a me sentir como aquela menina de dezessete anos, cujos sonhos você tão facilmente despedaçou. E como se eu não tivesse aprendido nada com ela, passo o dia me perguntando: e se eu tivesse buzinado, você teria sentido algo também?

Deixe um comentário

Arquivado em Crônicas e Contos

Tô voltando

Couple snorkeling in a blue tropical sea

Tô voltando. Abre a porta que estou voltando pra você. Sem amarras, sem medos. Deixei os “e se” para trás e resolvi me jogar de cabeça. Promete ser minha boia e não me deixar afundar?

É que não sou muito boa nessa coisa e amor e me arrepio toda só de lembrar como é a sensação de se afogar. É que eu não amo, quer dizer, não nado muito bem. Você me ensina? Com você eu aprendo rápido. Vou me esforçar. Sou capaz até de pegar umas aulas extras para aprender mais rápido.

DSC04487

Só não larga minha mão antes da hora, tá? Ou melhor, só não larga minha mão e pronto. É que assim me sinto mais confiante, mais propensa a mergulhar mais e mais fundo, a tentar explorar outras profundidades. Vou comprar um escafandro para não correr o risco de perder o fôlego no meio do caminho. Só por garantia.

Tô voltando. Sem amarras, sem medos, sem “e se”. Mergulha comigo?

Deixe um comentário

Arquivado em Crônicas e Contos

Ele é de escorpião

signo

Eu sei menina, você tentou resistir. Mas aqui vai um segredo: é impossível resistir ao charme dele.

Ele é intenso, tem paixão em tudo. Da conversa jogada fora por horas a fio ao beijo; da pegada ao sexo. Se ele te quiser de verdade, não há nada que você possa fazer. Você pode até levar uns dois anos para se deixar levar, mas se ele te quiser e achar que vale realmente investir, todos os movimentos dele ao seu redor serão meticulosamente planejados para te levar até o objetivo dele. E não, não estou falando apenas de te levar pra cama.

índice

Ele tem muito medo da rejeição e, por isso, se esconde por trás daquela máscara fria. Mas se ele achar que você é para investir, ele vai te mandar mensagem às 3 da tarde para dizer que está com saudades ou vai chegar de surpresa com uma rosa, sem nenhuma data específica. Ele é romântico ao extremo quando decide se jogar em um relacionamento e espera que você esteja com ele para valer. Amores fracos não têm lugar na vida dele.

Ele tem o sorriso mais encantador desse mundo e um abraço que vai te fazer querer morar ali, encaixada entre os braços dele para sempre. Ele vai te beijar e te fazer esquecer do mundo. Ele realmente se entrega ao beijar e vai deixar você perceber o quanto é importante para ele em um simples beijo. Mentira, o beijo dele nunca é simples! Um beijo na testa vai ter uma intensidade tão absurda que vai deixar você sem ar.

beijo_03

E o sexo? Menina, vai ser o melhor sexo da sua vida. Ele não tem pressa, até porque para ele, o seu prazer é tão importante quanto o dele próprio. Ele dá importância às preliminares, que provavelmente começarão ainda no meio do expediente, com mensagens picantes que deixarão você esperando ansiosa pelo momento em que ele finalmente vai cumprir tudo o que prometeu. E pode esperar, porque ele vai cumprir.

Ele é ciumento. Muito ciumento, mas é só porque ele tem medo de perder você. Agora não o engane nem brinque com os sentimentos dele, menina, porque se ele perder a confiança, já era. Não vai ter pedido de desculpas que faça ele confiar em você de novo.

images

Ele vai te fazer se sentir importante de todas as formas possíveis. E ele vai te ouvir de verdade e querer saber de todos os detalhes. Seja daquela viagem inesquecível para o Leste Europeu ou do encontro com as amigas da faculdade na sexta à noite.

Ele consegue te deixar com um ar abobalhado, sorrindo para a tela do celular com uma simples mensagem de bom dia ou ao contar para os amigos, na sua frente, o quanto você é importante para ele. Se preciso, menina, ele vai lutar por você. Literalmente.

mi_amor_by_sundropstonight

Ele vai te preparar o café ao acordar e o sorriso dele, aquele que aperta os olhos e deixa as covinhas à mostra, vai acabar com qualquer mau-humor matinal seu.

Ele vai intoxicar você, torná-la refém do relógio, contando as horas para vê-lo novamente e, por incrível que pareça, você não vai se incomodar.

É que ele é de escorpião, menina, e se ele deixar, não tem como não amá-lo.

Deixe um comentário

Arquivado em Crônicas e Contos

5 músicas para você se apaixonar pela Sandy

dSCJfzjO

Quando se fala em Sandy você ainda tem na memória aquela garotinha fazendo dupla com o irmão e cantando o que a Maria Chiquinha tinha ido fazer no mato? Então você precisa se atualizar. A menina cresceu, amadureceu e suas músicas cresceram com ela.

Aqui estão cinco canções dos trabalhos atuais e que vão fazer você se apaixonar por esta nova versão da cantora.

Pés cansados

A música abre o primeiro disco solo da artista, Manuscrito, e sério, o que dizer de uma música que nos lembra que em alguns momentos a liberdade está em pertencer a alguém? E que não devemos ter medo, nem de tentar e nem de voltar, quando necessário?

Respirar

Canção inédita do disco Meu Canto, a música nos envolve em um clima de otimismo e nos lembra que “tudo na vida se torna mais fácil quando fazemos as coisas de coração aberto”.

sandy-dvd-ingressos-dia-29-00-destaque

Me Espera

O que dizer de uma parceria entre Sandy e Tiago Iorc? Simplesmente uma das músicas mais lindas da discografia da artista. Me Espera narra poeticamente um diálogo entre um casal perdido em meio a um caos existencial que o leva a um afastamento temporário. E fica ali o pedido de Me Espera enquanto eu tento voltar a ser quem eu era. Quem nunca? Acho lindo o pedido Tenta me reconhecer no temporal // Me espera // Tenta não se acostumar // Eu volto já

 

Sem falar no clipe maravilhoso! Vale a pena apertar o play aqui embaixo!

Aquela dos 30

Quem nunca teve aquela sensação de ser muito velha para algo, mas ainda ser muito jovem? De uma forma divertida é esse paradoxo que Sandy canta em Aquela dos 30, título de abertura do CD Sim.

Morada

“Como cortar pela raiz se já deu flor? Como inventar um adeus se já é amor?” Preciso mesmo dizer mais alguma coisa?

Deixe um comentário

Arquivado em Listas

Não sinto mais medo de amar você

Desejo-e-medo-de-amar

Não vou negar, lutei com todas as minhas forças contra cada partícula do que eu sentia por você. Lutei, quase desisti, desisti, lutei de novo. Lembro da sua vó me dizendo que se fosse por medo, pra eu não abrir mão do que a gente tinha; que muitas pessoas passavam a vida toda em busca exatamente daquele sentimento. E eu ali, fugindo, tentando não olhar para trás.

Fui, caminhei por aí, voei como tantas vezes você me disse para fazer. Conheci lugares, pessoas, me apaixonei por cidades de nomes impronunciáveis, ri até a barriga doer, fiz mais do que imaginava, vi mais do que meus olhos esperavam ver, bebi mais do que o recomendável, e ainda assim, descobri que nada estava completo sem poder dividir com você.

mar1

Cansei de lutar, cansei de fugir e agora, cansada de fingir não sentir, volto para você. Sem medo de errar, sem medo de ser sua, sem medo de amar você. Descobri, talvez um pouco tarde, que sua vó tinha razão e que eu sempre busquei aquilo que somos juntos. Eu e você, simples assim.

Deixe um comentário

Arquivado em Crônicas e Contos

Me conta um segredo?

dormindo-com-a-solidao

Sonhei contigo essa noite, depois de tanto tempo. Me conta um segredo? Como a gente costumava fazer nos velhos tempos… Você ainda fala o meu nome enquanto dorme? Ainda procura o meu sorriso em cada estranha que cruza o seu caminho no corre corre da cidade?

Ah menino, não é segredo que a culpa da sua infelicidade é toda sua. Tantos já falaram que viver de passado não leva a lugar algum, mas você não quis ouvir. Aliás, você só quer ser ouvido, nunca quer ouvir ninguém. Foi fraco, teve medo de enfrentar o seu medo, de arriscar, de se jogar como eu me joguei. Teve medo de amar e, principalmente, de ser amado. Logo você, que se dizia especialista em amor.

corda2

Me conta um segredo? Já encontrou meu gosto em alguma das outras bocas que beijou? Já aprendeu que amor e medo não combinam?

Da última vez que nos vimos você disse que eu estava diferente. Pois é, eu cresci. Criei asas. Diferente de você, aprendi a correr atrás e viver o meu presente para construir o futuro que eu quero. Que pena, menino, que você continua vivendo no passado. Que pena!

3 Comentários

Arquivado em Crônicas e Contos, Sem categoria