Fique comigo, me escolha… me ame

dani-header1

Se eu fosse parada por uma dessas pesquisas de rua e me perguntassem o meu maior desejo hoje, eu não precisaria pensar nem por um segundo para responder: eu só queria que você me amasse um pouquinho que fosse da forma como a ama, que seus olhos brilhassem ao falar de mim, tanto quanto brilham ao falar dela, que você soubesse descrever, nos mínimos detalhes, o meu sorriso envergonhado, a forma como fico sem graça quando sou elogiada ou como posso ficar bicuda quando irritada. Eu queria sentir, de verdade, que você realmente sente quando diz que me ama também e que não é apenas mais uma das suas respostas automáticas quando se trata de mim. Porque quando o assunto é ela, você fala como um artista descrevendo a sua obra-prima ou como um crítico diante da maior obra já criada por um artista. Mas chego a me encolher quando te perguntam qualquer coisa a meu respeito, porque a resposta nunca será algo tão detalhado, tão cheio de paixão, tão “enxergado”. Por que a verdade é essa, não é? Você só tem olhos para ela, mesmo ela não estando mais aqui.

E enquanto isso você não enxerga o meu pedido desesperado. Porque o tempo todo, com os meus olhos, os meus atos, os meus gestos eu estou te pedindo, fique comigo, me escolha… me ame. Mas me ame de verdade. O tipo de amor que divide a última fatia de torta, que não diz nada, mas abraça nos momentos em que os gestos são mais necessários do que as palavras, que mesmo não gostando assiste filme de terror só porque o outro gosta e também porque sabe que estará protegido nos momentos de medo e angústia.

0000coracao

Mas mesmo ela tendo indo embora, tendo feito a escolha dela, você continua escolhendo ela todos os dias, me deixando escapar, a cada dia, um pouco mais por entre os seus dedos. E eu estou aprendendo que não dá para competir e eu nem quero competir. Não quero ter que te dividir, sempre fui péssima em contas de divisão. Nem nunca fui muito adepta dessa coisa de relação a três. Até porque, nesse caso, o meu terço é bem menor que o dela. E eu estou cansada de me humilhar, de estar em desvantagem, porque essa é a verdade e não só pra mim. Qualquer uma que não seja ela estará em desvantagem com você.

Por isso, ainda com os olhos gritando fique comigo, me escolha… me ame uma última vez, eu caminho até a porta, mas mais uma vez você faz a sua escolha e não me resta outra opção a não ser fechar a porta.

Anúncios

3 Comentários

Arquivado em Crônicas e Contos

3 Respostas para “Fique comigo, me escolha… me ame

  1. Isabella

    Parabéns!! Simplesmente magnifico, engolindo o amor próprio e sentindo o gostinho amargo do amor ( mesmo sendo o seu)

  2. Liz Negrão

    Pqp,garotaaaaa!!!!!! Vou ter q começar a tomar tarja preta pra ler seus textos! Vou mandar a conta dos remédios pra vc! Kkkkk lindo e tocante!!!! Parabéns sempre!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s