Órion

tumblr_m41nvcRkVr1r5tqr7o1_500

Aqui, tão longe, olho as estrelas e penso em você. Lembro daquela última noite em que você me disse para não ficar triste e que sempre que eu olhasse para as nossas estrelas estaríamos ligados de alguma forma. Será que você olha para Órion com a mesma frequência que eu? Acabou de passar uma estrela cadente e eu, que nunca acreditei nessas coisas, fiz um pedido. Quais as chances de eu abrir os olhos e você estar aqui, materializado ao meu lado? Suas mãos roçando as minhas, como costumávamos fazer quando não tínhamos um oceano nos separando?

Reabro os olhos e você não está aqui e tenho a sensação de que Órion está um pouco mais apagada do que antes. Talvez nossas estrelas sintam a dor que essa distância causa em mim, talvez elas saibam de coisas que aconteçam por aí e que eu não saiba, talvez elas me vejam sentada aqui, por horas e horas, e comentem entre si: pobre garota boba. Talvez apenas estejam tristes por ver dois corações separados, olhando para elas com expectativas e sonhos que elas não podem realizar. Não sei, o entendido de estrelas aqui sempre foi você.

É apenas outra noite qualquer e eu rezo para que as nossas estrelas te guiem de volta pra mim.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Crônicas e Contos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s