Abre a porta pra mim

porta3

Abre a porta que eu cheguei. Cheguei para acabar de vez com essa sua mania de achar que você não merece ser feliz e que nada nunca dá certo para você. Cheguei para mostrar que a sua vida só vai continuar sendo um roteiro de filme trash se você quiser, menino.

Abre a porta vai. Estou parada aqui de mala e cuia, corpo, alma e um coração disposto a se entregar sem medo. Não tenha medo você também. Aliás, trago comigo uma quantidade infinita de beijos e abraços capazes de afastar qualquer medo que você ainda tenha de se apaixonar outra vez.

147735_papel-de-parede-voando-com-borboletas_1280x8001

Pare de fingir que não tem ninguém aí dentro ou que você não está ouvindo a minha respiração ofegante do lado de fora, apenas esperando que você tenha coragem de abrir a porta pra mim.

Não mantenha a porta da sua vida fechada para nós, menino. Abre a porta, deixa o frio na barriga entrar outra vez, deixa a chuva lavar a calçada e levar com a água suja qualquer resquício do medo de sofrer mais uma vez. Deixa as borboletas fazerem uma festa no seu estômago.

Abre a porta, as janelas, tire a poeira dos móveis e aproveite para tirá-los da alma também.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Crônicas e Contos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s