De príncipe a lobo mau

matar por amor

Lembro de quando você surgiu em minha vida. Tão lindo… tão cheio de gestos que me faziam suspirar. Um perfeito príncipe. Adorado pela minha mãe, torcia para o mesmo time do meu pai. O namorado que todas as minhas amigas desejavam encontrar igual. Lembro de como elas viviam te perguntando se não tinha um amigo para apresentar para elas. Menos de três meses e já estávamos morando juntos. Você me carregou no colo e disse que a partir daquele dia eu era a princesa do seu castelo. E não é que você tinha a foto de um castelo de areia bem na parede, de frente para a porta? E você dizia que era para eu nunca me esquecer que aquele era o nosso castelo.

Todos suspiravam quando saíamos e no restaurante você fazia o pedido por mim, dizendo me conhecer tão bem a ponto de saber exatamente o que eu iria pedir. E enquanto os outros achavam isso lindo eu sentia algo morrer dentro de mim, sem saber ao certo o quê, e sorria. Afinal o que mais eu poderia querer? Abria meu armário e não reconhecia mais aquelas roupas, afinal sempre que tínhamos um evento você chegava com a roupa que eu deveria vestir como presente. E eu sorria e agradecia quando todos diziam o quão linda eu estava, embora por dentro, sentisse aquela mesma sensação de algo morrendo, que geralmente eu empurrava garganta abaixo junto com o champanhe.

E então um dia você chegou me dando um prazo para deixar o SEU apartamento, pois você havia encontrado alguém mais jovem e mais bonita do que eu. E então eu me dei conta de que o que eu sentia morrendo dentro de mim dia após dia ao seu lado era eu mesma.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Crônicas e Contos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s