Eu te amo

The-plane-flying-at-sunset-airliner-photography_2560x1440

Eu te amo! Fiz essa descoberta durante a minha última viagem de avião. Quando o piloto finalmente avisou que o problema técnico havia sido resolvido e que íamos decolar um misto de ansiedade e alívio tomou conta do avião. Mas foi só atravessarmos a primeira zona de turbulência para o coração vir à boca e eu me ver agarrada a todos os santos. E naquele desespero a minha mente buscou imagens dos meus pais, sobrinhos e a sua. Eu não queria perder nenhum de vocês. E ali, naquele exato momento de desespero descobri: é amor o que eu sinto por você!

Como eu não havia percebido antes? Que o acelerar do meu coração ao simples som da sua voz ou menção do seu nome era sinal de amor? Que só o amor explicaria que eu superasse o meu medo de voar apenas para te ver a cada 15 dias? E o que falar do fato de eu ficar inquieta o dia todo e só me sentir tranquila depois de ouvir a sua voz e o seu riso ao telefone?

386797_359795100761961_163621327_n_large

Como explicar o fato de eu buscar o seu sorriso torto em cada cara que eu via enquanto atravessava a Paulista? Ou o arrepio ao simples cheiro do seu perfume? Ou o fato de só conseguir dormir agarrada àquela sua camisa xadrez?

Bem, agora eu sei: eu te amo!

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Sem categoria

2 Respostas para “Eu te amo

  1. Roberto

    Você ama ou você precisa se agarrar a ele? Porque tem uma diferença entre estes dois conceitos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s