Eu só queria te pedir pra ir comigo

16394559

Você dorme e eu te encaro. A mão alisando suavemente a mecha de cabelo que insiste em cair na sua testa. Você sorri em meio ao sono e eu sorrio junto. Tão sereno. Tão diferente de mim. Nem sinal de compartilhar o turbilhão de sentimentos que me impede de dormir.

Há dias a pergunta está na ponta da língua. Sinto ela ameaçar escapar durante nossos cafés, durante a comédia romântica da terça, o sexo da quinta de manhã antes daquela reunião de negócios. Mas na última hora, sempre acabo engolindo ela de volta.

Penso em te acordar e acabar logo com isso.

Vamo comigo?

Não é tão difícil. São só duas palavras. Deveria ser fácil…

Insegurança

O que você faria se eu pedisse? Largaria tudo sem pensar duas vezes? Soltaria um suspiro de alívio, me agradecendo por finalmente ter pedido? Me daria alguma desculpa, diria que não e não conseguiríamos mais ser os mesmos nos meses que faltam? Afastaria seu olhar do meu e deixaria o silêncio ser um som ensurdecedor dentro do quarto?

— Ei, que foi? Tá acordada me olhando com essa carinha por quê?

É agora. Só duas palavrinhas.

Foco meu olhar de volta em você. Abro meu melhor sorriso e antes de me aconchegar em seus braços respondo:

— Nada não!

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Crônicas e Contos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s