Arquivo da categoria: Crônicas e Contos

Eu só queria te pedir pra ir comigo

16394559

Você dorme e eu te encaro. A mão alisando suavemente a mecha de cabelo que insiste em cair na sua testa. Você sorri em meio ao sono e eu sorrio junto. Tão sereno. Tão diferente de mim. Nem sinal de compartilhar o turbilhão de sentimentos que me impede de dormir.

Há dias a pergunta está na ponta da língua. Sinto ela ameaçar escapar durante nossos cafés, durante a comédia romântica da terça, o sexo da quinta de manhã antes daquela reunião de negócios. Mas na última hora, sempre acabo engolindo ela de volta.

Penso em te acordar e acabar logo com isso.

Vamo comigo?

Não é tão difícil. São só duas palavras. Deveria ser fácil…

Insegurança

O que você faria se eu pedisse? Largaria tudo sem pensar duas vezes? Soltaria um suspiro de alívio, me agradecendo por finalmente ter pedido? Me daria alguma desculpa, diria que não e não conseguiríamos mais ser os mesmos nos meses que faltam? Afastaria seu olhar do meu e deixaria o silêncio ser um som ensurdecedor dentro do quarto?

— Ei, que foi? Tá acordada me olhando com essa carinha por quê?

É agora. Só duas palavrinhas.

Foco meu olhar de volta em você. Abro meu melhor sorriso e antes de me aconchegar em seus braços respondo:

— Nada não!

Deixe um comentário

Arquivado em Crônicas e Contos

Será que você sentiria?

carro-

Eu não esperava voltar a te ver um dia e, ainda assim, ali estava você, parado no sinal, no carro ao lado do meu. E ali estava meu coração falhando uma batida tantos anos depois. Tenho que confessar, por mais clichê que seja, que minhas lembranças não faziam jus à sua beleza.

Pensei em buzinar, em fechar seu carro, a rua inteira, fazer um espetáculo em plena avenida. Mas vamos ser sinceros? Ia dizer o quê? Por isso fiquei ali, apenas olhando. E no fundo, com medo, mas torcendo para que você sentisse a minha presença como costumava sentir, e me olhasse de volta. Mas você apenas arrancou e, logo depois, o carro de trás buzinou, me tirando do meu transe.

fim-de-relacionamento-e1463672172748

Mais uma vez você foi embora, sem um único arranhão, enquanto eu fico aqui, com as lembranças, as dores, os pedaços a serem colados novamente. Volto a me sentir como aquela menina de dezessete anos, cujos sonhos você tão facilmente despedaçou. E como se eu não tivesse aprendido nada com ela, passo o dia me perguntando: e se eu tivesse buzinado, você teria sentido algo também?

Deixe um comentário

Arquivado em Crônicas e Contos

Tô voltando

Couple snorkeling in a blue tropical sea

Tô voltando. Abre a porta que estou voltando pra você. Sem amarras, sem medos. Deixei os “e se” para trás e resolvi me jogar de cabeça. Promete ser minha boia e não me deixar afundar?

É que não sou muito boa nessa coisa e amor e me arrepio toda só de lembrar como é a sensação de se afogar. É que eu não amo, quer dizer, não nado muito bem. Você me ensina? Com você eu aprendo rápido. Vou me esforçar. Sou capaz até de pegar umas aulas extras para aprender mais rápido.

DSC04487

Só não larga minha mão antes da hora, tá? Ou melhor, só não larga minha mão e pronto. É que assim me sinto mais confiante, mais propensa a mergulhar mais e mais fundo, a tentar explorar outras profundidades. Vou comprar um escafandro para não correr o risco de perder o fôlego no meio do caminho. Só por garantia.

Tô voltando. Sem amarras, sem medos, sem “e se”. Mergulha comigo?

Deixe um comentário

Arquivado em Crônicas e Contos

Ele é de escorpião

signo

Eu sei menina, você tentou resistir. Mas aqui vai um segredo: é impossível resistir ao charme dele.

Ele é intenso, tem paixão em tudo. Da conversa jogada fora por horas a fio ao beijo; da pegada ao sexo. Se ele te quiser de verdade, não há nada que você possa fazer. Você pode até levar uns dois anos para se deixar levar, mas se ele te quiser e achar que vale realmente investir, todos os movimentos dele ao seu redor serão meticulosamente planejados para te levar até o objetivo dele. E não, não estou falando apenas de te levar pra cama.

índice

Ele tem muito medo da rejeição e, por isso, se esconde por trás daquela máscara fria. Mas se ele achar que você é para investir, ele vai te mandar mensagem às 3 da tarde para dizer que está com saudades ou vai chegar de surpresa com uma rosa, sem nenhuma data específica. Ele é romântico ao extremo quando decide se jogar em um relacionamento e espera que você esteja com ele para valer. Amores fracos não têm lugar na vida dele.

Ele tem o sorriso mais encantador desse mundo e um abraço que vai te fazer querer morar ali, encaixada entre os braços dele para sempre. Ele vai te beijar e te fazer esquecer do mundo. Ele realmente se entrega ao beijar e vai deixar você perceber o quanto é importante para ele em um simples beijo. Mentira, o beijo dele nunca é simples! Um beijo na testa vai ter uma intensidade tão absurda que vai deixar você sem ar.

beijo_03

E o sexo? Menina, vai ser o melhor sexo da sua vida. Ele não tem pressa, até porque para ele, o seu prazer é tão importante quanto o dele próprio. Ele dá importância às preliminares, que provavelmente começarão ainda no meio do expediente, com mensagens picantes que deixarão você esperando ansiosa pelo momento em que ele finalmente vai cumprir tudo o que prometeu. E pode esperar, porque ele vai cumprir.

Ele é ciumento. Muito ciumento, mas é só porque ele tem medo de perder você. Agora não o engane nem brinque com os sentimentos dele, menina, porque se ele perder a confiança, já era. Não vai ter pedido de desculpas que faça ele confiar em você de novo.

images

Ele vai te fazer se sentir importante de todas as formas possíveis. E ele vai te ouvir de verdade e querer saber de todos os detalhes. Seja daquela viagem inesquecível para o Leste Europeu ou do encontro com as amigas da faculdade na sexta à noite.

Ele consegue te deixar com um ar abobalhado, sorrindo para a tela do celular com uma simples mensagem de bom dia ou ao contar para os amigos, na sua frente, o quanto você é importante para ele. Se preciso, menina, ele vai lutar por você. Literalmente.

mi_amor_by_sundropstonight

Ele vai te preparar o café ao acordar e o sorriso dele, aquele que aperta os olhos e deixa as covinhas à mostra, vai acabar com qualquer mau-humor matinal seu.

Ele vai intoxicar você, torná-la refém do relógio, contando as horas para vê-lo novamente e, por incrível que pareça, você não vai se incomodar.

É que ele é de escorpião, menina, e se ele deixar, não tem como não amá-lo.

Deixe um comentário

Arquivado em Crônicas e Contos

Não sinto mais medo de amar você

Desejo-e-medo-de-amar

Não vou negar, lutei com todas as minhas forças contra cada partícula do que eu sentia por você. Lutei, quase desisti, desisti, lutei de novo. Lembro da sua vó me dizendo que se fosse por medo, pra eu não abrir mão do que a gente tinha; que muitas pessoas passavam a vida toda em busca exatamente daquele sentimento. E eu ali, fugindo, tentando não olhar para trás.

Fui, caminhei por aí, voei como tantas vezes você me disse para fazer. Conheci lugares, pessoas, me apaixonei por cidades de nomes impronunciáveis, ri até a barriga doer, fiz mais do que imaginava, vi mais do que meus olhos esperavam ver, bebi mais do que o recomendável, e ainda assim, descobri que nada estava completo sem poder dividir com você.

mar1

Cansei de lutar, cansei de fugir e agora, cansada de fingir não sentir, volto para você. Sem medo de errar, sem medo de ser sua, sem medo de amar você. Descobri, talvez um pouco tarde, que sua vó tinha razão e que eu sempre busquei aquilo que somos juntos. Eu e você, simples assim.

Deixe um comentário

Arquivado em Crônicas e Contos

Me conta um segredo?

dormindo-com-a-solidao

Sonhei contigo essa noite, depois de tanto tempo. Me conta um segredo? Como a gente costumava fazer nos velhos tempos… Você ainda fala o meu nome enquanto dorme? Ainda procura o meu sorriso em cada estranha que cruza o seu caminho no corre corre da cidade?

Ah menino, não é segredo que a culpa da sua infelicidade é toda sua. Tantos já falaram que viver de passado não leva a lugar algum, mas você não quis ouvir. Aliás, você só quer ser ouvido, nunca quer ouvir ninguém. Foi fraco, teve medo de enfrentar o seu medo, de arriscar, de se jogar como eu me joguei. Teve medo de amar e, principalmente, de ser amado. Logo você, que se dizia especialista em amor.

corda2

Me conta um segredo? Já encontrou meu gosto em alguma das outras bocas que beijou? Já aprendeu que amor e medo não combinam?

Da última vez que nos vimos você disse que eu estava diferente. Pois é, eu cresci. Criei asas. Diferente de você, aprendi a correr atrás e viver o meu presente para construir o futuro que eu quero. Que pena, menino, que você continua vivendo no passado. Que pena!

3 Comentários

Arquivado em Crônicas e Contos, Sem categoria

É que hoje a saudade tá demais

missimis-you-saudade-falta-de-voce-amiga-amor-distancia3

Tanta coisa trazendo você para mim hoje. Tá difícil, baby. Dias como hoje fazem a saudade doer ainda mais.

Sonhei contigo essa noite, uma coisa boba, alguém criou um evento no face e a foto do evento tinha você, com aquele sorriso bobo na cara, os olhos sempre brilhando, aquela eterna cara de criança que não cresceu, por mais que já tivesse passado há tempos dos 20.

Depois entrei num táxi e estava tocando a sua música. Acho que já te disse que nunca mais consegui ouvir Cara Estranho sem que meus olhos fiquem marejados, né? Simplesmente não dá. O pior é que ao sair do exame, liguei meu iPod e foi justamente Cara Estranho que começou a tocar no shuffle. O que é isso, menino, também está com saudades de mim?

menina-a-janela

E para completar as coincidências que te trouxeram ainda mais para mim nessa manhã, o motorista do uber resolveu vir para a minha casa pelo caminho que passa pelo seu bairro. Ele não deve ter entendido nada quando eu pedi para ele dar literalmente a volta em um quarteirão nada a ver só para passar na porta do seu prédio. A vontade foi pedir para ele parar, descer e tocar a campainha, mas eu sabia que não seria uma das melhores cenas da vida. O que de pior poderia acontecer? Ninguém atender? Ou alguém atender e eu ter que explicar, provavelmente chorando, que alguém muito importante para mim havia morado ali e eu só queria poder dar uma última olhada no apartamento que tantas lembranças boas me trazem? Não, ainda bem que consegui me controlar. Consigo até imaginar se eu chegasse um dia te contando que fiz isso. Você provavelmente rolaria os olhos e diria: “só você mesma, garota”. Ninguém mais me chama de garota como você fazia. Ninguém mais faz tantas coisas como você fazia.

a-certeza-de-que-nao-era-amor

Pode não parecer, mas não passa um dia sem que eu pense em você e reze para que você esteja bem, onde quer que esteja. Mas é que tem dias que doem mais do que os outros.

Deixe um comentário

Arquivado em Crônicas e Contos, Sem categoria

Nunca foi amor

cairelevantar

No meio da discussão você solta mais um eu te amo, como se isso fosse resolver todos os nossos problemas em um passe de mágica. E você parece não entender, parece nunca perceber que o que eu quero são mais do que meras palavras ditas num momento de desespero, no ápice de um gozo. Seria tão mais fácil me fazer acreditar nesse amor se você simplesmente me mostrasse ele no dia a dia.

Encaro seus olhos em busca de algum sinal, por menor que seja, uma migalha ao qual eu possa me agarrar, um pedaço de madeira boiando em alto mar numa noite de tempestade, mas seus olhos injetados só me mostram medo. E me dou conta daquilo que eu sempre soube, não era amor, mas apenas medo de ficar sozinho. Sempre foi.

tumblr_ll1tzyit9o1qd9g0vo1_500_large

Abraçados no meio do caos nossas lágrimas se confundem. Repito incessantemente que vai ficar tudo bem, não sei se para consolar você ou a mim mesma. Você também percebe que pela primeira vez estamos sendo sinceros um com o outro?

É, talvez até haja mesmo alguma beleza no fim.

Deixe um comentário

Arquivado em Crônicas e Contos, Sem categoria

Você é meu melhor e se

a-certeza-de-que-nao-era-amor

Apesar de saber que a cada dois anos as chances de te encontrar são enormes nunca estou verdadeiramente preparada para aqueles minutos de fila, cumprimentos cordiais, olhares furtivos. É tanto e se passando pela minha cabeça. E o pior é que volto para casa depois de cumprir o dever cívico e você continua na minha cabeça o restante do domingo.

Não como algo ruim, algo do qual quero me livrar e não consigo. Você sempre foi meu e se bom. Talvez por saber que você eu não tive a chance de magoar. Apenas éramos novos de mais. Às vezes me pergunto como teria sido se tivéssemos nos conhecido em outra fase da vida, em outra página do livro. E se tivesse sido aos 20 e não aos 13? E se eu fosse menos tímida? E se eu não tivesse toda uma carga me acompanhando? E se?

frases_amor_de_verdade

Mas a verdade é que quem diz que o e se não serve para nada está mais do que certo. Seguimos nossas vidas, cada um do seu jeito. Talvez se não tivesse sido desse jeito, hoje você não fosse uma lembrança boa. O meu melhor e se.

Deixe um comentário

Arquivado em Crônicas e Contos, Pensamentos sem nexo

Eu só quero que você esteja em paz

tumblr_nj5jcqgDIu1tbb5qdo1_500

Sonhei com você noite passada. Nem percebi que estava chorando, mas acordei com o travesseiro molhado e o coração pesado e doído. Você estava lá, caído na calçada, já sem vida, mas seu sorriso continuava o mesmo. Sereno, como se estivesse em paz e seguro do que acabara de fazer. Exatamente como naquela mesma noite, meses atrás. Noite que eu queria esquecer para sempre.

Eu guardei suas fotos na minha caixa de lembranças. É que doía olhar para elas. Ver você tão feliz naqueles instantes congelados em cada uma das fotos, me fazia ficar tentando encontrar qualquer sinal de quando foi que a felicidade lhe escapou. Quando foi que o sorriso parou de chegar aos olhos. Quando foi que eu parei de olhar, de verdade, pra você.

menina-cafe

Você tentou me pedir socorro? Me mandou algum sinal do que estava prestes a fazer? Seus silêncios gritavam por mim? Fico repassando cada uma das nossas conversas, principalmente a última. Como eu não percebi que tinha algo ali? Que aquela pessoa ao telefone não era o seu verdadeiro você? Que você precisava de mim como nunca precisara antes?

Você se foi e só me resta a sensação de que eu podia ter feito mais por você. Que eu podia ter demonstrado mais o tamanho do meu amor.

Você se foi, e eu espero que agora você esteja em paz.

Pelo menos você.

Deixe um comentário

Arquivado em Crônicas e Contos